Lady Kate vai ao leilão

No passado, seu nome era Kate Lúcia. Viúva de senador rico, herdou toda sua fortuna. Ex-garota de programa, Lady Kate tenta se adaptar à nova sociedade e pede ajuda a sua prima Bebel, com a qual sempre fala por telefone. Lady Kate sabe que é um grande risco ficar sozinha em grandes eventos: o perigo de falar e de fazer besteira é altíssimo. Para tentar evitar os furos e conseguir entrar nas altas rodas da sociedade, ela não dispensa um braço direito. Primeiro, era Glauber (Marcius Melhem); depois o escudeiro da figuraça passou a ser Kleitom (Caike Luna), que sofre um bocado nas mãos da sua chefe. Lady Kate pede ajuda a sua ex-cafetina Madame Sofia (Carmem Verônica) para participar da high society, mas Salsichão (Ataíde Arcoverde), ou “Chalchichío”, seu empregado e melhor amigo, sempre comete uma gafe e acaba levando um fora dos ricaços. Nessas horas, Lady Kate perde a paciência e lá se vai a chance de ser grã-fina. No sábado seguinte, ela tenta novamente. A aspirante a socialite disputa o amor do noivo Admilson (Rodrigo Sant’Anna) com sua arquirrival Clarete (Thalita Carauta). Com roupas extravagantes e coberta de joias douradas, um dos lemas principais da nova rica do Zorra Total é: “A grana eu tenho… Só me falta-me o gramur”, ao lado de um outro: “Tô pagaaano!”. Lady Kate aplica muito bem as duas frases nas confusões em que se mete: quando ela fica indignada com os ricaços – geralmente, por conta das demissões de “Chalchichío”, ela roda a baiana e grita para quem quiser ouvir que é ela que paga as festas, encontros, desfiles, eventos em que aparece, dispensando em seguida a presença dos convidados ilustres.

Date: agosto 11, 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *